Blog

ressonância magnética – Mitos e Verdades

A ressonância magnética traz algumas inseguranças para os pacientes que vão realizar o exame. Trouxemos alguns mitos e verdades sobre este assunto:

“A exposição ao campo magnético traz riscos a saúde”.
Mito. É raro a ressonância magnética trazer riscos a saúde do paciente. É um exame que não utiliza radiação, por isso não existe um limite de quantas vezes podem ser realizadas por um mesmo paciente.

“Quem tem claustrofobia não pode realizar o exame”.
Mito. As pessoas que se sentem desconfortáveis em ambientes fechados, podem sim realizar a ressonância magnética. Para o paciente ficar confortável na hora de realizar o exame, o mesmo pode ser realizado com sedação.

“Usar objetos metálicos durante o exame, causa riscos a saúde”.
Depende. A contraindicação é para quem usa marca-passo e clips de aneurisma cerebral. Para objetos como: cinto, brincos, jóias, celular, piercings ou qualquer outro objeto metálico, é orientado que sejam retirados.

“A ressonância é proibida para gestantes”.
Mito. A partir da décima segunda semana de gravidez o exame pode ser feito, desde que não seja realizado com frequência e não por conta das ondas magnéticas, mas sim pelo contraste que é aplicado e seu uso em excesso pode prejudicar o feto.

“Depois de realizar o exame, as pessoas se sentem mal”.
Depende. Isso normalmente ocorre em pessoas que tem claustrofobia. A ressonância magnética é um exame indolor e dura poucos minutos.

cim_logo-branca

endereço

Rua Dr. Emilio Ribas, 1018,
Cambuí, Campinas – SP

telefones

(19) 3794.4800 / (19) 3254.1480
(19) 98349.2331 (WhatsApp)

horário de funcionamento

Segunda a Sexta – 7h às 18h
Sábados – 7h às 12h30

redes sociais

Responsável Técnico: Dr. Walter dos Reis Palma – CRM 21683

Todos os Direitos Reservados @ Clínica CIM

Site Administrado por: